S.O.S. Baixo Rio Branco

Missionários da Assembleia de Deus atendem mais três mil pessoas afetadas pelas enchentes no Baixo Rio Branco

Uma equipe de 25 missionários da Igreja Assembleia de Deus iniciam no próximo sábado, dia 15, uma viagem de 25 dias para atender a 17 comunidades ribeirinhas do Baixo Rio Branco. A meta é atender a 450 famílias, aproximadamente três mil pessoas, com alimentos, roupas, brinquedos e palestras antidrogas. Esta é a 10ª edição da ação social intitulada “SOS Baixo Rio Branco”.

“É um projeto social da Igreja Assembleia de Deus, que tem por finalidade alcançar 17 comunidades ribeirinhas, que são afetadas anualmente com as enchentes do Rio Branco, Solimões e outros. Nós alcançamos aproximadamente três mil pessoas, com a distribuição de produtos alimentícios, brinquedos, que são arrecadados e ofertados pela Assembleia de Deus, fruto de dízimos e ofertas, irmãos e amigos que contribuem para esse projeto”, detalhou Pr. Isamar Ramalho.

De acordo com o pastor presidente da Igreja Assembleia de Deus, Isamar Ramalho, serão distribuídas às famílias atingidas pela enchente do Rio Branco e Solimões, 17 toneladas de alimentos, 30 mil peças de roupas, além de brinquedos e remédios.

Os missionários sairão de Boa Vista no dia 15 de julho, às 8 horas, da Sede Estadual, na Avenida com Benjamin Constant, 2042, Centro, com destino a Caracaraí, de onde iniciarão a viagem de barco.

“Anualmente montamos a ação, inserindo uma equipe com vários tipos de profissionais. Estamos enviando sempre pessoas diferentes e, para cada um deles a experiência é ímpar, pois deixam o conforto do lar, para viver a realidade dos ribeirinhos durante esses dias de ação. Esses missionários ficam expostos às realidades do tempo, como as tempestades, toras de madeiras descendo rio, sem contar as mais diversas espécies de insetos, bem como a realidade de terem que dormir muitas vezes ao relento, bem diferente do conforto de suas casas”, disse.

De acordo com o pastor, nas regiões atendidas pelas enchentes, são montadas pequenas equipes, que saem em canoas ou outras embarcações pequenas e de porta em porta.

“Os membros da igreja entregam o material para atender às famílias e além do evangelismo, apresentam palestra antidrogas, utilizando a estrutura da igreja. Nosso principal foco é atender as famílias necessitadas que estão sofrendo as perdas causadas pela enchente”, disse.

Pr. Isamar Ramalho enalteceu a gratidão, de toda diretoria da igreja, do Centro Social pela vida das pessoas, que são dizimistas, ofertantes, irmãos e amigos que têm estendido às mãos para contribuir com esse projeto.

“É um projeto tão bonito e importante para vida da nossa igreja, para o bem-estar da Secretaria de Missões liderada pela missionária Iara Duarte e para todas as pessoas que são alcançadas. Deus seja louvado em tudo e a nossa gratidão a todos os colaboradores dessa obra tão importante”, disse.

Além da ação específica no baixo Rio Branco, o pastor Isamar Ramalho acrescentou que será realizado uma outra ação para  atender outras emergências em Boa Vista, como na antiga Olaria, após a Ponte dos Macuxi. Essa ação é realizada pela equipe de missões urbanas. Além disso, foi inserido o atendimento para outros municípios, como Caracaraí e Uiramutã.

“Nosso maior interesse é ver o sorriso e a satisfação das pessoas que são alcançadas, os resultados espirituais, como pessoas aceitando Jesus, pessoas pedindo perdão, pessoas se reconciliado. Rogamos a Deus que a equipe volte tranquila e em segurança, na certeza de terem cumprido o dever, e, principalmente, cumprido o Ide do nosso Senhor Jesus Cristo”, concluiu.

2017-07-12T16:24:25+00:00