Campanha Setembro Amarelo

Iniciado no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina)e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), o Setembro Amarelo realizou as primeiras atividades em 2015 concentradas em Brasília. Mundialmente, o IASP – Associação Internacional para Prevenção do Suicídio estimula a divulgação da causa, vinculado ao dia 10 do mesmo mês no qual se comemora o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Com a finalidade de conscientizar sobre a prevenção ao suicídio , a igreja evangélica assembleia de Deus presidida pelo pastor Isamar Ramalho, realizou nos dia 22 a 24 de setembro, ações especificas referente ao “setembro Amarelo”.

Com objetivo de alertar a sociedade boa-vistense, a instituição, por meio da União de Mocidade – UMAD, promoveram blitzes educativa nos semáforos das avenidas de grande movimentação e em instituições de ensinos.

 

E a fim de mostrar a realidade do suicídio em Roraima e no Brasil, no dia 24 na sede da igreja, foi realizado uma palestra na Tarde de Orientação Cristã – TOC, onde reuniram-se mais de 1.500 jovens e adolescentes, com a dinâmica de perguntas e respostas sobre a temática: Suicídio: falar é a melhor solução.

O pastor Aerton Dias, diretor do departamento da UMAD, externou os possíveis causas no âmbito espiritual, momento que muitos dos participantes externaram depoimentos ocorridos com algum ente da família, onde em algum tempo a família foi surpreendida com o suicídio e que até hoje ainda alguns não superaram.

E a fim de mostrar a realidade do suicídio em Roraima e no Brasil, no dia 24 na sede da igreja, foi realizado uma palestra na Tarde de Orientação Cristã – TOC, onde reuniram-se mais de 1.500 jovens e adolescentes, com a dinâmica de perguntas e respostas sobre a temática: Suicídio: falar é a melhor solução.

O pastor Aerton Dias, diretor do departamento da UMAD, externou os possíveis causas no âmbito espiritual, momento que muitos dos participantes externaram depoimentos ocorridos com algum ente da família, onde em algum tempo a família foi surpreendida com o suicídio e que até hoje ainda alguns não superaram.

Durante o evento, houve oração e uma palavra de como ajudar pessoas que não anelam mais viver, mostrando ainda, causas e fatores comuns que podem ser observados na vida daqueles que planejam não mais usufruir da vida, portanto, a orientações foi de procurar um profissional como um psicólogo, mas, que é preciso urgentemente buscar reforço para ajudar o próximo.

Parabenizando a inciativa da UMAD na realização das ações referente ao Setembro Amarelo, o pastor Presidente Isamar Pessoa Ramalho, reiterou que

“a igreja é parceira das instituições que promovem campanhas preventivas juntamente com o Centro Social da Assembleia de Deus, e no próximo mês, a Tarde de Orientaçao Crista – TOC, abordará temas exclusivos para as mulheres com uma programação alusiva ao outubro Rosa e em novembro será a vez dos homens, com participação de profissionais da área de saúde e com pastores para versar temas a luz da ciência e da fé”.

2017-10-04T14:43:18+00:00