Loading...
Nossa História 2017-07-12T14:47:12+00:00

1915 – 1948

No ano de 1915 chegou do Pará o cearense Cordolino Teixeira Bastos juntamente com sua família e fixou residência na Ilha de Maracá próximo ao rio Uraricuera na fazenda Altamira de propriedade do Sr. Antonio Pinheiro Galvão, local onde muitos aceitaram Jesus como seu Salvador, entre eles a irmã Rita Pinheiro Galvão e Rosa Galvão  Ramalho estas avô e bisavô do Pr. Isamar Ramalho e boa parte de sua família.

Em 1925 aos 75 anos o irmão Cordolino Bastos faleceu, ficando a Igreja durante 21 anos sendo dirigida por irmãos os quais se reuniam em seus lares  perseverando na fé todos esses anos.

A igreja de Belém do Pará tomou conhecimento da igreja em rio branco (Boa Vista) através da chegada de vários irmãos advindos do Estado do Maranhão e de outros Estados, que logo enviou o Primeiro Pastor Quirino Pereira Peres no ano de 1946 com a missão de organizar os trabalhos da igreja.
Em 28 de agosto de 1948 a igreja assume sua personalidade jurídica, gerando assim o Estatuto o qual foi publicado em Diário Oficial com o número 35 sob o título: Estatuto da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Pastor Quirino organizou e uniu a igreja que existia dos tempos do irmão Missionário Cordolino Texeira Bastos com os crentes que chegavam de outros estados que juntos congregavam em um Templo de Taipa (Fig.1) coberto com palha de anajá a luz de carbureto e neste ambiente a glória de Deus se manifestava.

1950

A Igreja é pastoreada pelo seu segundo Pastor Benjamim Matias Fernandes o qual tinha como missão dar continuidade aos trabalhos estabelecidos pelo pastor Quirino, construindo o segundo Templo (Fig.2) este agora em alvenaria. Neste período vale destacar as muitas dificuldades para se adquirir materiais de construção, todavia o Pastor Benjamin deixou o Templo em altura de cobertura.

1952

É enviado O Terceiro Presidente Pastor Joviniano Rodrigues Lobato, assumiu a Igreja, recebendo a visita do missionário Nelis Nelson no ano de 1953, o qual deu continuidade à construção do Templo que foi inaugurado em 18 de abril de 1954, foi o marco a Igreja da epoca.

1954

O quarto Presidente Pastor Samuel Bezerra Cavalcante, assumiu a Igreja dando continuidade aos trabalhos, construindo o tanque batismal que não existia no interior do templo, adquiriu bancos novos para o Templo, organizou o coral e pôs o nome de Filadélfia e instituiu o primeiro Maestro o Irmão. João Vieira Pessoa, avô do Pastor Isamar Pessoa Ramalho.
Vale ressaltar que o Pr.Samuel Cavalcante,  montado em sua bicicleta prestou assistência aos trabalhos no Município de Mucajaí e Caracaraí.

1957

Em 2 de Junho de 1957 deixou o trabalho na responsabilidade do Ir. Rubens Arrais Sindeaux. Tão logo os trabalhos passaram ao  Quinto Presidente Pastor Otoniel Alves de Alencar, que na continuidade  dinamizou todos os trabalhos (pontos de cultos) existentes oficializando assim como ‘Igrejas’, conhecidas como Igreja de Mucajaí e Caracaraí.

1962

Neste ano assume o Sexto Presidente Pastor Elizeu Feitoza de Alencar, um pastor dinâmico que enfrentava sol e chuva, reformando a faixada do Templo Central, construiu a galeria da Igreja e a casa pastoral, instalou a Escola  Lídia Nelson,  fez missões entre os índios, fundou o trabalho no município do Cantá e na comunidade do Taiano.

1965

O Setimo Presidente Pastor Jose Guedes dos Santos assume e dá continuidade em todos os trabalhos mantendo a igreja em equilíbrio e sob a direção do Espírito Santo, organizou o Círculo de Oração chamado também como Grupo de Visitadores, abriu trabalho no Município de Bonfim e deu posse ao Irmão Eli Rodrigues da Silva  e para a vila do Uailan Serra do Sol o Irmão Andrelino Rocha dos Santos e para Caracaraí o Ir. José Carlos.

1967

No dia 26 de Abril deste ano Assume o Oitavo Presidente Pastor Manoel Antonio Batista, que deu continuidade existentes, destacando-se a construção das congregações nos bairros  de Aparecida, Liberdade e Treze de Setembro.
Criou o Conjunto Rosa de Saron que tendo como Regente a irmã Nair Vieira Pessoa Ramalho e a Banda de música sob a regência do Maestro Javam Arrais Sindeaux.
O pastor Manoel Antônio Batista, enviou o Irmão Juvenal para abrir trabalho na Serra do Tepequem, abriu trabalhos nos Municípios de Alto Alegre, Normandia, São Luís do Anauá, São João da Baliza; nas comunidades da Maloca do Araçá e Serra da Moça, estendeu ainda a abertura do trabalho a Vila Iracema. Em seu pastoreado, adquiriu os primeiros transportes motorizado da igreja o primeiro um (Jeep) e o segundo carro um Veraneio. Pr. Manoel Batista, assim popularmente conhecido,  reformou o Templo Central, Forrou e colocou cerâmica e no dia 6 de abril de 1983 foi substituido, seu ministério teve a duração de quase 16 anos.

1983

O Nono Presidente Pastor Fernando Granjeiro de Menezes, assumiu em Abril de 1983, organizou a Escola Bíblica Dominical, ofereceu vários cursos de aperfeiçoamento a professores, reestruturou o centro social CESASMAF- Centro de Assistência Social Maria Fernandes , fundou a secretaria de missões, realizou o projeto missionário no Brasil, África, Venezuela e Peru, comprou o Barco Mensageiro da Paz I e II afim de atender as comunidades do Baixo Rio Branco, criou o Programa de Rádio denominado de Boas Novas, construiu um Templo em madeira no Surumu, criou as congregações nos bairros : Paraviana, Bairros dos Estados I e II; Mecejana I e II; Buriti I, II e III; Asa Branca I, II e III;  Joquei Clube I e II; Caimbé I e II; Cinturão Verde I; Pintolândia I, II III; Nova Canãa; Nova Cidade; Tancredo Neves I e II; Santa Tereza I, II, III e IV; São Vicente; Alvorada; Equatorial I e II; Aeroporto; Jardim Caranã; Cauame; Caranã; Jardim Floresta; Pricumã I e II; São Francisco; Cabos e Soldados; Calungá;  Jardim Primavera; 31 de Marco e São Pedro e no Interior do Estado criou mais 35 Igrejas.

Pastor Granjeiro, assim conhecido no Estado, construiu a casa de idosos Samuel Nistron e criou o quadro de diaconizas. Seu ministério teve a duracao de quase 15 anos e faleceu em 27 de Julho de 1997.

1997

O Décimo Presidente Pastor Geraldo Francisco dos Santos, assumiu a Presidencia desta Igreja em 8 de Agosto de 1997, dando continuidade ao trabalho e separou Líderes e consagrou Obreiros até o dia 10 de novembro de 1998, quando foi afastado , seu ministério teve a duração de 1(um) ano e 3(três) meses.

1998

A igreja no Estado tem seu Décimo Primeiro Presidente Pastor Isamar Pessoa Ramalho, roraimense nasceu em 10 de Janeiro de 1963, descendente da família pioneira,  sendo este o primeiro pastor local assumir a igreja neste Estado, pois, no dia 10 de Novembro de 1998 toma posse interinamente e sendo eleito como Presidente em 10 de Fevereiro de 1999, em uma Assembléia Geral Extraordinária Presidida pelo Presidente da CGADB (Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil) Pastor José Wellington Bezerra da Costa.

O mesmo vem desempenhando vários cargos junto a CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus) e CGADB a nível Nacional.
É notório registrar o empenho na construção do maior Templo da região norte com capacidade de 2.500 pessoas sentadas, uma construção marcada pelo  esforço e dedicação durante o dia e noite de irmãos e irmã que a voluntariamente contribuirão para o que se vê hoje simplesmente um referencial na cidade de Boa Vista e no Estado.

Em sua gestão, a Igreja neste Estado vislumbra com ações no âmbito social, educacional, político e espiritual.

Destacam-se dentre os projetos sociais: 

Minha casa, uma benção

Construções de casas aos seus membros que estejam necessitando de uma moradia e não possuem condições para realizar este sonho de todo ser Humano.

Minhas mãos para Deus

 Voltado a recolhimento de produtos da Cesta Básica, para atender famílias carentes da sociedade e missionários desta igreja.

Baby Chá Missionário

Uma ação voltada a adquirir produtos infantis para a compor ao enxoval de recém nascidos dos missionários.

Serviço Carcerário

Voltado a ressocialização  de cidadãos excluído da sociedade.

A comunidade Assembleiana, conta com diversas ações merecendo destacar no o âmbito espiritual, o Projeto Minha Casa, uma Igreja, que tem como foco o ensinamento bíblico genuíno nos lares roraimenses, abrangendo todas as faixas etária da sociedade roraimense.

Na área Educacional, incentivo contínuo na capacitação de líderes tanto no ensino secular, quanto no ensino voltado a teologia, investiu na Escola Preparatória de Obreiros, que atualmente faz parte da grade curricular  de ensino do IEADEP(Instituto  de Ensino da Assembleia de Extensão e Pesquisa), que tem como foco ainda os cursos voltados a graduação, pós graduação, musicalização e oratória, aberto a comunidade em geral.

Para atender jovens e adolescentes, vem investido no dinamismo da arte cênico, formando grupos teatrais e coreográficos, estudos bíblicos, movimento que destacam novos talentos na música gospel no Estado, retiros e grandes reuniões nos bairros.

As crianças são contempladas com uma grande ação anual denominada de EBF – Escola Bíblica de Férias, três dias reservados para brincadeiras, assistência educacional, interação de forma geral, alimentação especial,  dentre outras boas ações, de forma que se tenha na sociedade futuros cidadãos de boa índole.
Ao longo de seu ministério vem construindo, reformando templos e adquirindo novos terrenos em bairros novos afim de se instalar novos templo e gerar novas igrejas. Outra ação ocorrida ao longo dos anos é a padronização  das fachadas dos templos, identificando-os com a cor verde e branco, uma forma de diferenciar a instituição de outros ministérios.

Atualmente a Igreja, possui 460 templos em todo Estado e está vinculada a CEDADER (CONVENÇÃO  ESTADUAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO ESTADO DE RORAIMA) E A CGADB (CONVENÇÃO GERAL DAS ASSEMBLEIAS DE DEUS NO BRASIL), cujo Presidente Geral  é o Pr. José Wellington Bezerra da Costa.

Saiba mais sobre nós. Venha para Assembleia de Deus!

Fico à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e comerei com ele, e ele comigo

Eu quero entregar minha vida a Jesus Cristo agora!